08 abril 2009

O trânsito (ou o caos)


Buzinas, buzinas, buzinas... Cuidado! Alguém pode ultrapassá-lo inesperadamente ou cortar a sua frente.
O trânsito em Rio Branco é caótico, especialmente nos horários de pico. São milhares de carros apinhando-se nas ruas estreitas e avenidas da capital acreana. A situação fica ainda pior quando há carros parados em locais impróprios, impedindo o uso das duas faixas. Semáforo vermelho nem sempre é sinônimo de carros parados - muito menos táxis! Ah, e assim que a luz verde acende, lá vem uma nova e impaciente buzina.
Não consegui encontrar dados precisos sobre o número da frota em Rio Branco, mas, visivelmente, a situação por aqui reflete o que vem ocorrendo em todo o país. A cada dia novos carros e motos lançam-se nas ruas e tentam conviver da melhor forma possível. O problema começa quando essa boa intenção desaparece e cada motorista quer chegar mais rápido a seu destino. Assim acontecem as imprudências, que transformam o ato de dirigir em um estresse desnecessário.
O número de veículos vem aumentando no país além do que as cidades podem suportar, é fato. A maioria delas não foi projetada nem preparada para esse boom. No entanto, ele aconteceu e não há remédio a curto prazo.
Seria ótimo se todos os que hoje dirigem veículos passassem a andar de bicicleta, desafogando as ruas. Utopia. Portanto, educação é o máximo que podemos pedir dos motoristas para que o trajeto de casa ao trabalho não seja motivo de aflição.

9 comentários:

Victor Manfredine disse...

por isso gosto e sempre gostei de andar a pé.
devagar e constante.
vendo as formas e suas artes.
pensando nas coisas da vida.
tão bom.. tente!

C.Forasteira disse...

Vou tentar Victor, mas, infelizmente, nem sempre é possível.
Até!

João André disse...

Todas as grandes cidades estão assim.
Piraju chega parar em certas horas!!! principalmente após a chegada do progresso com a instalação de semáforos aqui na terrinha... hehehe
Sempre belos os textos!

C.Forasteira disse...

Eu posso imaginar o quão estressante é o trânsito em Piraju João! rs
Valeu!

ALTINO MACHADO disse...

Cecília, parabéns pelo blog. Bem vinda à terra. Escreva: altino.machado@gmil.com. Abraço

Janu Schwab disse...

Adicionei. E lerei. Gosto de impressoes forasteiras. Quem sabe ajuda a diminuir o bairrismo tacanho de alguns locais. =)

Abraços.

C.Forasteira disse...

Valeu Janu. Ter orgulho da terra é louvável e, justamente por isso, não deve impedir a incorporação de coisas boas que vêm de fora.
Abraços.

Ana Helena disse...

hoje Rio Branco tem mais carros que pessoas e ainda tenho a velha mania de sair pra um compromisso 15 minutos antes da hora marcada achando q da tempo...não da.
mas ainda acho q tem trânsito pior por ai.

Anônimo disse...

Gente, seria caotico como o da India? hauhauahauha. Zoeira. Conheco Rio Branco. Eu gosto! Beijo
PAULO COSSARI