09 agosto 2006

TSE cancela registro de candidatura do PRP à presidência

O Tribunal Superior Eleitoral negou ontem o pedido para registro da candidatura de Ana Maria Rangel à Presidência da República. Ana Maria havia se registrado pelo Partido Republicano Progressista. A impugnação da candidatura já havia sido pedida duas vezes. Uma, pelo Ministério Público Eleitoral, em 18 de julho, e outra, pelo delegado nacional da legenda, Oswaldo Souza Oliveira, que alegou que a convenção nacional do partido foi anulada.
O PRP já havia decidido, na última sexta-feira, expulsar Ana Maria Rangel do partido, por "graves lesões à imagem da sigla". No requerimento, o PRP ressaltou que, com a expulsão, ela não pode ser candidata, pois a Lei Eleitoral prevê que o registro pode ser cancelado, até a data da eleição, se o candidato for expulso do partido.

Nenhum comentário: