23 agosto 2006

** Lampejo **

Fantástico! Luís Vaz de Camões:

Ao desconcerto do Mundo

Os bons vi sempre passar
No Mundo graves tormentos;
E pera mais me espantar,
Os maus vi sempre nadar
Em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
O bem tão mal ordenado,
Fui mau, mas fui castigado.
Assim que, só pera mim,
Anda o Mundo concertado.

*Luís Vaz de Camões (x-1580) era português e a data de seu nascimento é imprecisa. Serviu como soldado em Ceuta, por volta de 1549, aí perdendo um olho. Em 1552, de regresso a Lisboa, esteve preso durante oito meses por ter ferido, numa rixa, Gonçalo Borges, um funcionário da corte. Em 1560 estava em Goa, convivendo com algumas das figuras importantes do seu tempo. Em 1569 iniciou o regresso a Lisboa. Sua obra mais famosa é Os Lusíadas. Camões morreu a 10 de Junho de 1580, ao que se diz, na miséria.

2 comentários:

Luana disse...

Mas tá virando colecionadora de poemas, heim?
beijim!

Cecília França disse...

Rsrs, pois é Lu, eu adoro!
Beijos!