17 agosto 2006

Incoerência partidária

O candidato à presidência da República, José Maria Eymael, do PSDC, defende com veemência a fidelidade partidária. No entanto, as evidências mostram que isso não existe mais na campanha eleitoral brasileira. O candidato Geraldo Alckmin, por exemplo, não conta com o apoio de todos os candidatos de seu partido, o PSDB.

Em Minas Gerais e São Paulo, onde Aécio Neves e José Serra são candidatos ao governo, respectivamente, o tucano não apareceu na propaganda eleitoral. Ao contrário dos candidatos petistas, que exploram a imagem de Lula. Em Pernambuco, o candidato do PFL, partido da coligação do PSDB, chegou ao cúmulo de colocar o presidente Lula na propaganda!

O problema é que a população não entende a importância da ideologia. Ninguém se importa se PFL e PT juntos seria um incoerência, caso fossem levadas em consideração as ideologias que nasceram com esses partidos.

Nenhum comentário: