11 maio 2006

São coisas estranhas que acontecem na justiça brasileira.

Garoto de 12 anos é morto e pai é preso por tentar matar bandidos

O caso aconteceu em São Paulo. Dois homens que estavam em uma moto atiraram no garoto, que brincava na rua de casa. Um dos tiros atingiu a cabeça da criança. Revoltado, o pai do menino pegou o revólver e saiu correndo atrás dos assassinos. Mas, quando voltou para casa, foi preso por porte ilegal de arma.
Eu me pergunto: por que a polícia estava parada na porta da casa deste homem, ao invés de correr atrás dos bandidos, como ele fez?
A polícia suspeita que os homens conheciam o garoto, já que o pai dele é ex-presidiário. Mas isso não justifica nada. Se ele esteve preso e foi solto é porque cumpriu a pena merecida. Já os assassinos do seu filho, continuam livres.

5 comentários:

Luana disse...

E eu ainda consigo me indignar. Não deveria, tudo o que a gente vê, diariamente, na política e em tudo mais já devia ter nos anestesiado.
Beijos, ciça!

alex disse...

são tempo estranhos esses

Luana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luana disse...

Não me visita mais, não?
kisses...

obs: agora, toda vez que leio alguma coisa do Garotinho, adivinha de quem que eu lembro?

Vinicius disse...

este mudo esta do avesso, Cissa, de uma olhada no meu blog, depois adciona um link para ele aqui no seu, valeu, bjos!!!