04 maio 2006

Falando em candidatura do PMDB...

O que leva um pré-candidato à presidência da República a fazer o papel ridículo que Anthony Garotinho tem feito? (Não resisto, tenho que falar sobre isso!)
Ele já perdeu quase três quilos com a greve de fome e tem sintomas de desidratação.
Qual o motivo disso tudo mesmo? Ah, ele quer que as empresas de comunicação que divulgaram acusações de corrupção contra ele retirem o que disseram. Ou pelo menos se desculpem.
Muito sensato da parte dele pedir esse tipo de coisa, que contraria totalmente a liberdade de imprensa (tudo bem que a revista Veja apelou ao colocá-lo na capa com chifrinhos!)
Na minha opinião, ou ele insiste nisso e acaba no hospital, onde vão reanimá-lo e, obviamente, ele não vai morrer. Ou ele nem chega a tanto: arruma um motivo, familiar talvez, para parar com a palhaçada. Ainda penso em uma terceira opção: ele pode dizer que Deus enviou um sinal de que ele deveria acabar com a greve de fome. Não seria de se estranhar, já que ele adora usar o Santo nome em vão!
O fato é que uma atitude extrema como essa não é justificável, a não ser em questões de interesse amplo. Como fez o Frei Luis Cappio há algum tempo, protestando por causa da proposta de transposição do Rio São Francisco. Isso sim tem apelo social. Agora, político desocupado querer comover a opinião pública com essa palhaçada é falta do que fazer!

**
Aproveito a relação com oa ssunto para publicar um trecho do livro “O Artista da Fome”, de Franz Kafka, que conta a história de um homem que era jejuador por profissão.

“O ´Artista da Fome´ personagem escrupuloso até à insanidade, nem procurava dormir, falando e cantando ao longo da noite e do dia, no intuito de demonstrar aos seus vigilantes que não se alimentava furtivamente. Em troca do seu sacrifício e autenticidade recebia como recompensa a admiração do público pela sua brilhante habilidade no jogo da mifisticação.”

Poderíamos pedir para o Garotinho ficar cantando o dia todo. Quem nos garante que ele não tem umas bolachinhas escondidas embaixo da cadeira, hein?!?

Um comentário:

Luana disse...

Certeza, imagina que um homem daquele tamanho não tem lá os seus truques, heim?
Ele tá precisando mesmo é de uma babá pra cuidar da greve dele o dia todo!!
Beijos, Ciça!!!!!