27 abril 2006

Falando em eleição...

As campanhas eleitorais só podem começar, oficialmente, depois das Convenções dos partidos políticos, no meio do ano. Mas, na prática, já começaram há algum tempo. Nem vou citar o presidente Lula, que parece nunca ter saído da disputa eleitoral, mas sim Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB. Ele vai visitar todos os estados do Nordeste durante o mês que vem. Bom, até onde eu saiba, ele ainda é pré-candidato e isso caracteriza campanha, descarada...
Quando ainda estava governando o estado de São Paulo, Alckmin não visitou o Nordeste, o que é perfeitamente compreensível. Mas agora ele vai. Por quê? Porque está tentando ganhar representação nesses estados. E isso não é campanha?!?
O partido do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não tem representação no Nordeste, o maior reduto político do presidente Lula. Li em um site esses dias, não me lembro qual, que esse foi o maior motivo da derrota do candidato tucano em 2002. José Serra não conseguiu, ou não aceitou, apoio de lideranças regionais. Mas agora é diferente, já que Alckmin vai ter apoio de "coronéis" como Antonio Carlos Magalhães.
Resta saber se isso vai ser suficiente.

4 comentários:

Maria de Fátima Cardoso disse...

Muito pertinante os seus comentários de hoje.Temos de observar bem, criticar e sobretudo divulgar para que haja uma maior conscientização. As vezes me envergonho e me sinto de mãos atadas por não saber como agir. Mas acredito sinceramente que o caminho é esse: falar e divulgar.
Parabéns!

João André disse...

Ciça, ótimos seu comentários...
Mas adorei aquele do senhor do supermercado... muito bom mesmo... um lindo e emocionante texto...
Vou começar a ler sempre o blog da minha jornalista preferida... aquela que logo tá na globo..ehehehe
Bjos!!!!

Luana disse...

Político é igual empresa de telefonia celular. No começo até que é bom, mas depois, com certeza, vai te trazer problemas...

Cecília França disse...

Muito boa a comparação Lu, concordo!
Beijos.